Serviços   O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
  • Você está aqui:
  • Início
  • Notícias
  • 31º Fórum Nacional de Pró-Reitores de Graduação será em João Pessoa

Notícia

31º Fórum Nacional de Pró-Reitores de Graduação será em João Pessoa

Informações

A pró-reitora de Ensino do IFPB, Mary Roberta, foi eleita presidente do Forgrad na edição 2017.

Por Thiago Cavalcante
Publicado: 11 de Setembro de 2017 às 09:08
Última modificação: 11 de Setembro de 2017 às 09:08

A Pró-Reitora de Ensino do IFPB, professora Mary Roberta Meira Marinho, participou do Fórum Nacional de Pró-Reitores de Graduação (ForGRAD), realizado entre os dias 31 de agosto e 2 de setembro, na cidade de São Paulo. O tema central do evento foi a “Educação Superior Brasileira: Compromisso com o ensino, pesquisa e a extensão”.

Durante o evento, foi realizada a eleição para a gestão 2017/2018 do ForGRAD Nacional e a Pró-Reitora de Ensino do Instituto Federal da Paraíba foi eleita presidente. Mary Roberta Meira Marinho já exercia a vice-presidência na gestão passada. Na vice-presidência, ficou o Pró-Reitor de Graduação da Universidade Estadual de Ponta Grossa, professor Miguel Archanjo de Freitas Junior.

No pronunciamento de posse, a pró-reitora do IFPB ressaltou que pretende dar continuidade as ações bem sucedidas das gestões anteriores. “Será oportuno trabalhar com todas as instituições, quer seja universidades ou institutos, federais, estaduais, confessionais ou privadas, que esta união seja em prol do desenvolvimento da educação, em busca da indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão. Que mesmo diante das diferenças, haja a convergência de todos num só pensamento: a melhoria da educação para inclusão social, para o desenvolvimento do país”, declarou a docente Mary Roberta. 

A Paraíba também terá relevância nos próximos meses junto ao Forgrad porque foi o Estado escolhido para sediar o próximo encontro, que será na cidade de João Pessoa. Ao final do evento 2017, foi apresentada a Carta de São Paulo, gerada a partir das temáticas e discussões das regionais: Nordeste, Sul, Sudeste, Norte e Centro-Oeste, e que será encaminhada pelo ForGrad Nacional ao MEC e ao Conselho Nacional de Educação.

O Forgrad tem o objetivo de contribuir para a formulação e implementação de políticas públicas de Educação Superior, visando o pleno desenvolvimento do país e é constituído por todos os Pró-Reitores de Graduação, ou ocupantes de cargos equivalentes. Os participantes elaboram políticas e diretrizes básicas que permitam o fortalecimento das ações comuns e inerentes às Pró-Reitorias de Graduação, em nível nacional e regional, de forma articulada com órgãos governamentais e outros segmentos da sociedade civil.

As palestras e mesas redondas tiveram, entre os temas, “As perspectivas para a graduação no Brasil” e “Política Nacional de Graduação”, contando com conferencistas convidados como o Presidente do Conselho Nacional de Educação, Luiz Roberto Cury, e o Secretário de Educação Superior do MEC, Paulo Barone. Os dois primeiros dias foram realizados no Espaço Técnico Cultural do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de São Paulo / CREA-SP.

No painel de apresentação de experiências, a atenção dos participantes se concentrou nas duas únicas universidades brasileiras que adotam exclusivamente o regime de ciclos, a Universidade Federal do ABC (UFABC) e a Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB). O Pró-Reitor da UFSB, Daniel Puig, apresentou o modelo curricular, demonstrando o uso de pedagogias ativas por equipes docentes e a Rede Anísio Teixeira de Colégios Universitários e Complexos Integrados de Educação.

A conferência de encerramento aconteceu no campus Higienópolis da Universidade Mackenzie, no auditório Ruy Barbosa, e foi intitulada “Uma Outra Universidade é Possível”, sendo proferida pelo reitor Naomar de Almeida Filho. Em uma abordagem crítica do cenário recente da educação superior no Brasil, ele analisou os fundamentos políticos e conceituais do modelo institucional e político pedagógico da UFSB. A palestra provocou longo e produtivo debate sobre os desafios enfrentados pelas universidades públicas e suas perspectivas de transformação neste momento atual de crise econômica e política.

O evento contou com uma mesa-redonda envolvendo representantes dos Fóruns Nacionais de Graduação, Pesquisa, Pós-Graduação e Extensão para traçar discussões e ações conjuntas de atuação para consolidar a tríade ensino-pesquisa-extensão e fortalecer a educação brasileira. A organização do 30º ForGRAD Nacional teve a corealização da Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM); da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP); da UFABC e da Universidade Metodista de São Paulo (UME).

DGCOM

Registrado em: IFPB
Assunto: Informações