Serviços   O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
  • Você está aqui:
  • Início
  • Notícias
  • Alterações no calendário acadêmico pós-greve

Notícia

Alterações no calendário acadêmico pós-greve

Campi

Cajazeiras serão retomadas dia 19 e Sousa voltaram ao normal na última quarta-feira (14).

Por Thiago Cavalcante
Publicado: 16 de Dezembro de 2016 às 11:56
Última modificação: 12 de Janeiro de 2017 às 13:28

CAMPUS CAJAZEIRAS

Após assembleia realizada na manhã de hoje, 14/12, o movimento grevista de servidores do Campus Cajazeiras foi suspenso. Ficou definido que as aulas serão retomadas na próxima segunda-feira, 19/12.

Nesta quinta-feira (15/12) haverá uma reunião entre representantes da direção e da comunidade acadêmica do campus para discutir como ficará o calendário de reposição de aulas (pós-greve).

As aulas seguirão até o dia 23/12, quando se iniciam as férias. O retorno pós - recesso de professores e alunos acontece no dia 23/01/2017, conforme calendários acadêmicos dos cursos anuais (integrados) e semestrais (subsequentes e superiores).

CAMPUS SOUSA

Após pouco mais de um mês de greve dos servidores e mobilizações dos estudantes, as atividades normais do IFPB – Campus Sousa voltaram ao normal na última quarta-feira, 14. Mas, antes disso, um grupo formado por diretores, coordenadores, representante dos estudantes e outros servidores iniciaram as discussões sobre como deverá ficar o calendário acadêmico da instituição.

São 32 dias letivos que devem ser repostos, respeitando o recesso de fim de ano e as férias de professores e alunos programadas para o mês de janeiro de 2017. A programação prévia aprovada ficou assim:

Retorno das atividades - 14/12/16; Início do recesso de fim de ano - 24/12/16; Férias – 1º/01/17 a 30/01/17; Retorno das atividades – 1º/02/17; ADAPTACAMPUS (para alunos novatos) – 13/02/2017; Fim do período letivo de 2016 - 08/05/17

Também ficou acertado que o Campus funcionará com dois calendários em 2017 (ainda em fase de elaboração): um para veteranos e outro para os novos estudantes aprovados no atual Processo Seletivo de Cursos Técnicos - PSCT. Os ingressantes serão recepcionados, assim como ocorreu no começo deste ano, através do ADAPTACAMPUS, projeto criado para ambientar os alunos às regras e estrutura do IFPB e nivelamento em disciplinas como português e matemática.

Outras instituições públicas também estão com calendários atrasados. A Pró-Reitoria de Ensino do IFPB se comprometeu a negociar com elas matrículas condicionadas para que nenhum concluinte do Instituto seja prejudicado por conflitos de datas dos períodos letivos.

As alterações foram apresentadas a pais e responsáveis de estudantes numa reunião que aconteceu no dia 13 (terça-feira), no auditório da unidade Sede. As mudanças propostas e aprovadas ainda podem sofrer alterações.

CAMPUS JOÃO PESSOA

A proposta foi apresentada e aceita no encontro realizado no dia 29 de dezembro

A Direção Geral do Campus João Pessoa apresentou a servidores, estudantes e pais a proposta de Calendário Acadêmico pós-greve, no dia 29 de dezembro de 2016, , no auditório José Marques. O encontro também contou com a presença de representantes do Sintefpb, DCE e Grêmio Estudantil.

Após algumas sugestões as propostas foram aprovadas. Confira neste link como ficará o calendário para os cursos do Ensino Técnico Integrado (Etim), e acesse aqui a proposta para os cursos Subsequentes, Proeja e Superiores.

As aulas serão retomadas a partir do 16 de janeiro de 2017. No calendário pós-greve haverá sábados letivos alternados para os cursos diurnos e noturnos . A previsão é que o Ano Letivo 2017 comece em 24 de abril.

Construída de forma coletiva, a proposta de calendário será encaminhada para a Pró-Reitoria de Ensino até o dia 05 de janeiro e, após apreciação, será enviada para o Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE).

A previsão é que o Calendário Acadêmico de 2017 seja elaborado ainda este mês.

SINTEF-PB se reúne com Reitoria para discutir termo de acordo pós-greve

Representantes do Sindicato dos Trabalhadores da Educação Básica, Profissional e Tecnológica da Paraíba (Sintef-PB) reuniram-se, nessa segunda-feira, com a Reitoria do IFPB e a Procuradoria Federal junto à instituição. A pauta era a elaboração de um termo de acordo entre as partes para repor os dias de greve. A reunião contou com a presença de lideranças estudantis do Grêmio e do Diretório Central dos Estudantes.

Quem conduziu a reunião foi a pró-reitora de Ensino, Mary Roberta Marinho, que expôs a preocupação em atender solicitações emanadas da Justiça sobre a reposição, por parte dos servidores, das datas em que não houve expediente durante a greve. Ela lembrou que o novo calendário letivo precisa ser discutido com a comunidade acadêmica, envolvendo docentes, equipe pedagógica, estudantes e até a família (no caso dos menores de idade). Essas orientações estão presentes na norma técnica da Câmara de Ensino do IFPB, validada pelo Conselho de Ensino Pesquisa e Extensão (Cepe).

Os membros do Sindicato expuseram que as particularidades de cada campus nesse período atípico também precisam ser compreendidas para que o termo de acordo respeite as responsabilidades de cada um. O professor Manoel Brasileiro, do Campus João Pessoa, lembrou que inclusive as datas de entrada e saída de greve foram bastante diferentes entre os campi, tendo unidade que não aderiu ao movimento paredista. O impacto da ocupação estudantil no calendário letivo também variou nos campi que passaram por essa experiência.  

Todas essas observações sobre a especificidade e a autonomia de cada campus foram incorporadas ao documento discutido na tarde desse dia 19 de dezembro e que foi assinado pelos presentes. Cada campus deve remeter a proposta de calendário letivo alterado para a Pró-Reitoria de Ensino até o dia 5 de janeiro. A situação dos servidores que fizeram rodízio nos setores foi contemplada no documento. 

Leia o Termo de Acordoque também faz referência à reposição nos setores administrativos, tanto da Reitoria quanto dos campi.

Lidiane Maria - Jornalista/Campus Cajazeiras, Clébio Melo – jornalista/Campus Sousa, Comunicação Social/Campus João Pessoa e Ana Carolina Abiahy – jornalista/DGCOM

Registrado em: Cajazeiras IFPB João Pessoa Sousa
Assunto: Campi