Serviços   O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
  • Você está aqui:
  • Início
  • Notícias
  • Diretoria de Pós-Graduação divulga Nota Técnica sobre AENPs

Notícia

Diretoria de Pós-Graduação divulga Nota Técnica sobre AENPs

Extensão, Pesquisa e Pós

Documento da PRPIPG esclarece sobre atividades não presenciais e procedimentos acadêmicos durante a pandemia

Por Nayara Leite
Publicado: Aug. 22, 2020, 9:01 p.m.
Última modificação: Aug. 22, 2020, 9:01 p.m.

A Diretoria de Pós-Graduação do Instituto Federal da Paraíba publicou uma Nota Técnica dispondo sobre a execução das Atividades de Ensino Não Presenciais (AENPs) no período da pandemia de Covid-19. Conforme destaca a Nota, desde março, as atividades não-presenciais nos cursos de pós do IFPB estavam permitidas, seguindo diretrizes nacionais da área e a autonomia e deliberação dos colegiados dos cursos.

Segundo informa a diretora de Pós-Graduação, Deyse Morgana Correia, o IFPB tem mais de 1200 estudantes nesse nível de ensino, distribuídos nos 16 cursos. A maioria, mais de 950, estão matriculados nas Especializações. Mas, desde março, apenas os Mestrados estavam funcionando no IFPB, remotamente, somente com aulas teóricas. As defesas de TCC e de Dissertações seguiram normalmente.

Com a autorização do Conselho Superior do IFPB para as AENPs, a DPG e a Pró-Reitoria de Pós-Graduação Inovação e Pós-Graduação (PRPIPG) emitiram a Nota Técnica 02/2020 disciplinando as atividades remotas nestes cursos enquanto durar a necessidade de isolamento social.

Acesse aqui a Nota Técnica 02/2020. 

O IFPB já possui cinco cursos de Pós-Graduação na modalidade EAD e um mestrado em rede semipresencial. Sobre os Mestrados em Rede que o IFPB faz parte, como o ProfNIT e o ProfEPT, os alunos devem aguardar e seguir as orientações nacionais.

Dentre os principais destaques da Nota está a Resolução do Consuper/IFPB nº 29/2020, sinalizando que as Subcomissões Locais de Acompanhamento das Atividades não Presenciais (SCLAANPs) dos cursos de Pós-Graduação serão constituídas pelos Colegiados dos próprios cursos.

Uma das determinações da Nota Técnica é que o curso de Especialização em Medicina Veterinária, pela sua natureza prática, fica condicionado a retornar as suas atividades quando autorizado o funcionamento do Hospital Veterinário (HV) do Campus Sousa. Esse curso estava com aulas teóricas online no período de início da pandemia.

Outra determinação é que as aulas síncronas sejam gravadas e disponibilizadas, exclusivamente, no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) da disciplina, com as devidas autorizações de imagem e som.

A Nota orienta ainda sobre os planos instrucionais das disciplinas e o acompanhamento dos estudantes, com o apoio dos Núcleos de Acompanhamento Psicossocial (NAPS) dos Campi.