Serviços   O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
  • Você está aqui:
  • Início
  • Notícias
  • Documentário “Ariano: Ilumiaras” será lançado em evento cultural promovido pela UFF

Notícia

Documentário “Ariano: Ilumiaras” será lançado em evento cultural promovido pela UFF

Informações

O documentário conta como Ariano construiu um novo conceito que possibilitou uma leitura mais ampla e profunda de obras artísticas representativas da identidade de um povo.

Por Thiago Cavalcante
Publicado: Oct. 16, 2020, 11:54 a.m.
Última modificação: Oct. 16, 2020, 11:54 a.m.

O documentário “Ariano: Ilumiaras”, dirigido pelo professor do Campus João Pessoa e cineasta, Claudio Brito, será lançado no 10º Interculturalidades – 50 anos do Movimento Armorial, promovido pela Universidade Federal Fluminense (UFF), entre os dias 7 e 18 de outubro. A obra será exibida neste sábado (17), a partir das 19h00, com transmissão via YouTube. Acesse aqui o link da transmissão.

Após a apresentação do filme, haverá uma mesa redonda sobre a Produção Audiovisual no IFPB, com a participação do diretor do documentário “Ariano: Ilumiaras”, Claudio Brito, o técnico em audiovisual da TVIFPB e diretor de fotografia João Carlos Beltrão e o pintor Manuel Dantas Suassuna.

O 10º Interculturalidades celebra, este ano, os 50 anos do Movimento Armorial, com uma programação de mesas de debates, lives artísticas, exposições, mostras de cinema e apresentações musicais inspiradas no movimento lançado, oficialmente, por Ariano Suassuna, no dia 18 de outubro de 1970. Acesse aqui o portal do evento.

O documentário "Ariano: Ilumiaras" propõe uma reflexão sobre o conceito do neologismo "ilumiara ("altar iluminado", literalmente) na obra do escritor Ariano Suassuna. Na década de 1970, ainda com o nome “lumiara”, o termo estava associado às itaquatiaras, conjuntos de lajedos insculpidos ou pintados por nossos antepassados, no Sertão do Nordeste, que, como a Pedra do Ingá, eram locais de culto. Saiba mais sobre a obra clicando aqui.

Ariano: “Ilumiaras” faz parte de um projeto audiovisual maior, denominado “Ariano: Armorial”. Um trabalho que começou em 2007, com o documentário “Ariano Suassuna: Cabra de Coração ou O Cavaleiro da Alegre Figura” (49 minutos), que resultou de uma parceria entre a Uned-Floriano (Instituto Federal do Piauí) e o Instituto Federal da Paraíba. Já em 2009, foi exibido, no IFPB da capital paraibana, o documentário “Ariano: Impressões” (35 minutos). O terceiro documentário, intitulado “Ariano: Suassunas (131 minutos)”, foi exibido no IFPB, com a participação do casal Ariano e Zélia Suassuna e família, em abril de 2013. O filme recebeu o prêmio de Melhor Documentário de Longa-Metragem, concedido pela Academia Paraibana de Cinema. O documentário “Ariano: Ilumiaras” (73 minutos, 2020) é a quarta produção sobre o autor do Auto da Compadecida. A pentalogia será finalizada com o documentário de longa-metragem “Ariano: Armorial”, com o lançamento previsto para 2023.

Registrado em: Literatura
Assunto: Informações