Serviços   O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Notícia

IFPB lança II Concurso Literário

Extensão, Pesquisa e Pós

Edição faz homenagem à Bebé de Natércio - multiartista e servidor aposentado do Instituto

Por Nayara Leite
Publicado: Oct. 9, 2020, 2:58 p.m.
Última modificação: Oct. 9, 2020, 2:58 p.m.

Estão abertas as submissões de textos para o II Concurso do Literário do IFPB, que nesta edição, irá homenagear o multiartista e servidor aposentado da Instituição Bebé de Natércio.  Esta é uma ação do Programa de Ação Cultural da Pró-Reitora de Extensão e Cultura, através da Diretoria de Cultura, em parceria com a Biblioteca Prof. Ribamar da Silva, do Campus Cajazeiras. O edital está disponível neste link.

As inscrições são gratuitas e acontecem até 09 de novembro, por meio deste formulário eletrônico. De acordo com o edital, serão aceitas propostas nos gêneros literários:  Poesia, Cordel, Contos e Crônicas.

Segundo o diretor de Cultura, George Glauber Félix, o concurso visa contribuir com o fomento da produção literária no âmbito do IFPB. “Podem participar estudantes com matrícula regular ativa em qualquer modalidade de ensino ofertada pelo Instituto, assim como servidores efetivos, temporários, substitutos ou em cooperação técnica e toda comunidade externa, formada por estudantes da rede pública estadual e municipal, universitários, professores, escritores, e demais cidadãos interessados”, explica.

O período de avaliação de propostas acontece de 10 a 20/11. O resultado preliminar será publicado em 24/11. E, após o período de interposição de recursos (25/11), será publicado o resultado final em 27/11. O concurso premiará os estudantes, os servidores e os membros da comunidade externa que figuram como autores dos textos selecionados, com 2 (dois) exemplares da publicação da I Coletânea de Poesia, Cordel, Contos e Crônicas do IFPB.

Sobre o homenageado

Natural de Itaporanga-PB, Francisco Barbosa Sobrinho nasceu em 15 de junho de 1955. Músico, compositor, arranjador, maestro e cordelista, Bebé de Natércio - como ficou mais conhecido, fez seu primeiro cordel aos 14 anos, retratando situações cotidianas que eram datilografados e vendidos por onde passasse.

Em 1978, Bebé passou no vestibular de Música, entretanto, as adversidades da vida o fizeram desistir pouco tempo depois. Durante 14 anos ganhou a vida como professor de Literatura. Em 1994, passou no concurso da antiga Escola Técnica Federal da Paraíba e, na unidade de Cajazeiras coordenou a banda da instituição como Maestro Fundador. Após sua passagem pelo Sertão, Bebé foi professor de Música no Campus João Pessoa. Hoje, aposentado, se dedica a composições e arranjos em parceria com músicos e amigos de sua geração.

Além de músico, Bebé de Natércio também é poeta cordelista, com 86 cordéis editados, pesquisador da cultura popular nordestina e pós-graduado em Gestão Pública pelo IFPB. 

Verônica Rufino - Comunicação PROEXC

Registrado em: Extensão IFPB
Assunto: Extensão, Pesquisa e Pós