Serviços   O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
  • Você está aqui:
  • Início
  • Notícias
  • Professores e estudantes discutem como melhorar a escola

Notícia

Professores e estudantes discutem como melhorar a escola

Ensino Técnico

Atividade faz parte da mobilização nacional pela Educação #Nem1PraTras

Por Thiago Cavalcante
Publicado: 26 de Abril de 2019 às 15:51
Última modificação: 26 de Abril de 2019 às 15:52

Um auditório cheio para um objetivo em comum entre professores e estudantes: refletir, planejar e transformar a escola que temos na escola que queremos. A atividade foi com alunos dos cursos técnicos de Agroindústria, Agropecuária, Informática e Meio Ambiente, do IFPB - Campus Sousa. Entre terça-feira (23) e esta quinta-feira (25), eles participaram da mobilização nacional pelo Dia da Educação #Nem1PraTras.

A tarefa foi uma tempestade de ideias a partir da pergunta "Como é a escola que queremos construir?". As ideias que surgiram foram registradas e agrupadas em temas (infraestrutura, cultura, aulas, esporte, etc.). Em seguida, os estudantes foram divididos em grupos, de acordo com as áreas das ideias, para discutir como implementá-las no Campus. Por fim, os grupos apresentaram as propostas. “A gente levou em consideração a importância de ouvir os estudantes para construírem, conosco, os servidores, a escola que é melhor para eles, mais atrativa”, contou o professor Pedro Couto, um dos mediadores do momento.

A atividade foi criada pela Fundação Roberto Marinho e pelo Canal Futura e disponibilizada aos parceiros oficiais da mobilização no Brasil inteiro. O Campus Sousa do IFPB foi a única instituição da Paraíba a fazer parte das ações e a única também entre os integrantes dos Institutos Federais no país. “Aderimos à campanha porque aborda questões atuais e importantíssimas para o futuro da Educação no Brasil, a exemplo da evasão escolar. Sabemos que muitos conseguem o acesso às escolas, mas, por questões das mais variadas possíveis, não conseguem permanecer e ter êxito e isso é preocupante”, comentou Joselma Carneiro, diretora de Desenvolvimento do Ensino do Campus Sousa.

Até o domingo (28), Dia Mundial da Educação, o IFPB - Campus Sousa realizará ações de engajamento nas redes sociais para chamar a atenção sobre a importância de se falar sobre a educação de qualidade como um direito de todos e todas. "Pudemos falar e debater com outras pessoas sobre temas essenciais, como o esporte e acessibilidade, e apresentar nossas ideias para contribuir com melhorias para a escola, para que ela se torne cada vez melhor. Isso mostra o quanto o projeto foi levado a sério e o quanto nosso Campus sempre está buscando maneiras de melhorar e garantir uma ótima qualidade para os alunos", avaliou Maria Ayrlla Alves de Sousa, estudante do 3º ano do curso de Agropecuária.

Sobre a Mobilização - 28 de abril é o Dia Mundial da Educação. A data foi escolhida durante o Fórum Mundial de Educação realizado em Dakar, no Senegal, no ano de 2000. No Fórum, através da Declaração de Dakar, ficou estabelecido o compromisso dos países signatários de levar a educação básica a todas as crianças e jovens. E o Brasil também assinou esta declaração.

Inspirada no lema “No one left behind”, dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável – ODS (ONU), a Fundação Roberto Marinho, por meio do Canal Futura, criou a campanha #Nem1PraTras. A proposta é realizar uma grande mobilização (presencial e virtual) e engajar a sociedade para os desafios mais relevantes sobre educação no Brasil.

por Clébio Melo - Assessoria de Comunicação do IFPB Campus Sousa, com informações do Canal Futura

Registrado em: Sousa Técnico
Assunto: Ensino Técnico