Serviços   O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Notícia

Quatro estudantes do Campus João Pessoa são os primeiros a participarem do Programa Jovem Aprendiz

Bolsas, Estágios, Empregos

Quatro estudantes do Campus João Pessoa são os primeiros a participarem do Programa Jovem Aprendiz

Por Glauciene Santana
Publicado: Oct. 8, 2021, 3:03 p.m.
Última modificação: Oct. 8, 2021, 3:03 p.m.

“Eu achei muito rápido o processo porque não demorou para efetivar o contrato, quando chego em casa meus pais dizem ‘chegou o engenheiro’, eles estão muito orgulhosos de mim”. A revelação é do estudante Anilton Gomes de 18 anos, que junto com outros três colegas do Curso Técnico em Edificações do IFPB são os primeiros alunos do Campus João Pessoa a participaram do Programa Jovem Aprendiz.

A assinatura dos contratos aconteceu nesta sexta-feira (08) no gabinete do Diretor do Campus, Neilor César. “Estamos muito felizes porque sabemos que este momento é muito importante para eles, o IFPB oferece uma formação geral integrada a uma ação profissional. A inserção desses jovens no Programa é importante porque permite o início do processo formativo de vivenciar as práticas aprendidas em nossa instituição”. Neilor revelou ainda que vai buscar novas parceiras com empresas para que ofereçam mais vagas para os alunos.

A estudante Gislainy Leite, de 20 anos, ressaltou a importância do Jovem Aprendiz. “Espero aprender ainda mais lá na obra e pôr em prática tudo que vi aqui no curso”. Lucas Gabriel, de 20 anos, disse ser importante para sua formação pessoal e técnica, além de contribuir com as despesas da família. “O fato de estar empregado, ter o primeiro emprego ganhando meu próprio dinheiro vai ajudar bastante”. A estudante Mariana Costa, de 18 anos contou que ficou bastante animada ao saber que seria contratada.” Quero botar em prática tudo que aprendi aqui, sou grata ao IFPB por esta oportunidade”.

De acordo com a Coordenadora de Estágio da Reitoria, Glauciene Santana, todos as unidades e cursos técnicos do IFPB já estão cadastrados no Ministério da Economia. Os Campi de Pedras de Fogo e Santa Rita foram os primeiros a incluir os jovens no mercado de trabalho. “Todos os campi vão ter essa oportunidade através do Programa que oferece salário mínimo e carteira assinada por um ano. Já recebemos pedidos de empresas de Campina Grande e outros virão em breve” disse.

As vagas oferecidas pelas empresas são divulgadas pelo IFPB no sistema SUAP, a partir daí os discentes encaminham os currículos para as empresas que selecionam os alunos, num processo imparcial. O estudante Anilton vai trabalhar na empresa Fili-Construções e Serviços, os outros três estudantes, Mariana, Gislainy e Lucas vão atuar na Arko Construções LTDA.

O Programa Jovem Aprendiz é regulamentado pela Lei de Aprendizagem nº10.097/2000, ampliada pelo Decreto Federal nº5.598/2005 que determina que todas as empresas de médio e grande porte contratem um número de aprendizes equivalente a um mínimo de 5% e máximo de 15% do seu quadro de funcionários com carteira assinada.

*Heranir Oliveira- Equipe DGCOM