Serviços   O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Notícia

Reitor do IFPB toma posse como um dos vice-presidentes do Conif

Informações

Nicácio Lopes cuidará da pasta de Assuntos Acadêmicos do Conselho Nacional da Rede Federal.

Por Thiago Cavalcante
Publicado: Feb. 25, 2021, 3:59 p.m.
Última modificação: March 14, 2021, 4:48 p.m.

A nova Diretoria Executiva do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif) tomou posse nesta terça-feira, em solenidade realizada em Brasília e transmitida virtualmente, pelo canal no YouTube. A solenidade iniciou às 17h, com a mesa formada pelo reitor do Instituto Federal do Espírito Santo, Jadir José Pela, que encerrava seu mandato como presidente do Conif, e a nova presidenta eleita, a reitora do IF Catarinense (IFC), Sônia Regina de Souza Fernandes.

A execução do Hino Nacional foi realizada com exibição de vídeo editado pelo Instituto Federal de Alagoas, trazendo imagens das instituições da Rede, principalmente dos estudantes dos Institutos Federais, Cefets e Colégio Pedro II. Em seguida, um vídeo do IFC apresentou os vice-presidentes eleitos para o biênio 2021-2022, além dos membros titulares e suplentes do Conselho Fiscal, formado igualmente por reitores.

Os novos vice-presidentes do Conif são os reitores do IFPB, professor Nicácio Lopes, que assumirá a Vice-Presidência de Assuntos Acadêmicos; do IF Goiano; Elias Monteiro, na Vice-Presidência Administrativa; do IFPA; Claudio Alex Jorge da Rocha, vice de Relações Parlamentares, e do IF Fluminense, Jefferson Manhães de Azevedo, vice de Relações Institucionais.

O professor José Jadir fez um breve relato de seu mandato e dos principais desafios enfrentados em 2020, ano de pandemia em que as instituições abraçaram a luta contra o coronavírus com produção de insumos, bem como a preservação das instâncias democráticas de escolha para a gestão das instituições de educação federal.  

A cerimônia teve a presença virtual do secretário de Educação Profissional e Tecnológica, Wandemberg Venceslau, do presidente da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal (Capes), Benedito Guimarães Aguiar Neto. Os parlamentares Professora Dorinha Seabra, presidente da Frente Parlamentar Mista da Educação, e Reginaldo Lopes, presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Institutos Federais, participaram remotamente. Os convidados foram os primeiros a fazer uso da palavra.

O deputado federal Reginaldo Lopes agradeceu o Conif por ser um parceiro que subsidia a Câmara com muitas informações e auxilia a luta pelas políticas públicas na área educacional. O presidente da Capes reiterou o compromisso com o Conif. Benedito destacou a Rede como uma grande desenvolvedora de inovação com muita responsabilidade para o crescimento econômico. O titular da Setec ressaltou o papel da Rede na interiorização do ensino com mais de um milhão de matrículas e mostrou-se aberto ao diálogo com o Conif.

Depois da fala dos convidados, os novos diretores assinaram o termo de posse. Cada vice-presidente fez uso da fala brevemente. Todos destacaram o papel proeminente das instituições na transformação social dos estudantes. A eleição teve chapa única em consenso entre os 41 dirigentes da Rede Federal. As diretorias do Conif têm mandato de um ano, garantindo um representante de cada região do país entre os diretores. O secretário executivo do MEC, Victor Godoy, também participou via videoconferência, cumprimentando os eleitos.

Nicácio defende imunização de todos os trabalhadores da Educação

O reitor do IFPB iniciou seu breve discurso ressaltando que o saber é o maior patrimônio que uma família pode deixar para os filhos e não os bens materiais que se deterioram. Nicácio Lopes lastimou a prevalência da pandemia que afetou as instituições educacionais que trabalham com aglomeração.

“Teríamos grandes pautas na discussão e não podemos perdê-las de vista, mas sintetizaria, como uma âncora dos nossos propósitos, a defesa dos postulados da Lei de Criação da Rede Federal. Uma das grandes bandeiras é a restauração da normalidade, com a imunização de todos os trabalhadores de educação de nosso país, da rede privada e pública. No momento, temos a primazia do medo e da angústia. Queremos que a transição do ensino virtual para o presencial de modo seguro”, declarou Nicácio.

Entre as preocupações da pasta de Assuntos Acadêmicos, o novo vice-presidente fez menção a defesa do ensino médio integrado ao técnico, melhor avaliação do ensino superior e a expansão do Proeja. “Queremos a visibilidade dos profissionais, queremos que o dialogismo esteja presente”, apontou Nicácio. Ele destacou o trabalho dos antecessores do Conif: “homens e mulheres apaixonados por uma educação emancipatória”. O professor elogiou a Rede como meio de transformação de vida. “Viva a educação pública do país”, finalizou o reitor do Instituto Federal da Paraíba.

A última a fazer uso da palavra foi a nova presidente da Conif. Ela iniciou fazendo uma áudio-descrição para as pessoas cegas que estavam acompanhando a transmissão. A reitora do Instituto Federal Catarinense destacou a transformação no papel da mulher já que suas antepassadas não tiveram tanto acesso à educação formal. “Chegar onde cheguei é uma condição que me orgulha, não como status, mas por aquilo que nos faz melhores como seres humanos, a educação”, frisou Sônia.

A professora Sônia Regina, doutora em Educação, fez uma defesa emocionada do ensino, da ciência, tecnologia e arte como possibilidades transformadoras da vida humana para melhor. “Nenhuma conquista veio de graça todas vieram com lutas de trabalhadores, principalmente do meio sindical”, lembrou. A gestora ressaltou o compromisso da Rede Federal com a defesa da vida e dos valores humanos nos tempos de negacionismo que levaram a tantas perdas trazidas pela pandemia.

A cerimônia completa pode ser conferida neste link do YouTube. A solenidade foi encerrada com a exibição de um vídeo sobre a Rede Federal. Toda a transmissão teve tradução simultânea para Língua Brasileira de Sinais.

*Texto: Ana Carolina Abiahy (IFPB) / Fotos: Rodrigo Gonçalves (Conif)

Registrado em: CONIF IFPB
Assunto: Informações