Serviços   O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
  • Você está aqui:
  • Início
  • Notícias
  • Reitor Nicácio Lopes participa de audiência pública sobre Programa FUTURE-SE

Notícia

Reitor Nicácio Lopes participa de audiência pública sobre Programa FUTURE-SE

Informações

Sessão aconteceu na Assembleia Legislativa da Paraíba, nesta segunda-feira (12).

Por Thiago Cavalcante
Publicado: 13 de Agosto de 2019 às 13:53
Última modificação: 13 de Agosto de 2019 às 13:53

O reitor Nicácio Lopes participou, nesta segunda-feira (12), de uma audiência pública na Assembleia Legislativa da Paraíba, para debater o Programa FUTURE-SE, lançado pelo Governo Federal.

A audiência foi proposta pelos deputados Estela Bezerra, Cida Ramos e Raniery Paulino. Além do reitor, participaram da sessão o pró-reitor de Assuntos Estudantis, Manoel Macedo; o assessor especial da Reitoria, Almiro de Sá; além de representações do movimento estudantil do IFPB. 

O reitor Nicácio Lopes iniciou o seu discurso elogiando a iniciativa dos deputados e, em seguida, leu a nota publicada pelo Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), expressando preocupação em relação ao Programa FUTURE-SE. “O primeiro aspecto preocupante é  a falta de discussão junto aos gestores e à base. Nós, reitores, não tivemos direito a opinar sobre o tema. Outro aspecto preocupante é o mérito do Programa diante de questões como  a preservação da autonomia das universidades e institutos federais e a natureza pública da educação. Nos preocupa justamente que uma matéria de tal densidade e repercussão não seja objeto de amplo debate”, expôs. 

O gestor caraterizou o Programa como "controverso" e informou as ações que o IFPB vem realizando para debater o FUTURE-SE junto à comunidade. "Nosso Instituto mobilizou, na semana passada, seus órgãos colegiados (Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão; Conselho Superior e Colégio de Dirigentes), promovendo uma interlocução para tentar informar à comunidade acadêmica, que desconhece inteiramente os meandros desta ação do Governo. A minha garantia ao Estado da Paraíba é de que o IFPB não irá aderir a qualquer programa imposto, sem nenhum diálogo aprofundado junto às nossas bases", finalizou Nicácio.

Verônica Rufino - DGCom

Registrado em: Educação IFPB MEC
Assunto: Informações