Serviços   O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Notícia

Profissional de Nível Técnico

Ensino Técnico

Data celebra formação como uma porta para o mercado de trabalho.

Por Thiago Cavalcante
Publicado: Sept. 23, 2016, 2:48 p.m.
Última modificação: Sept. 26, 2016, 10 a.m.

Parabéns aos nossos técnicos! 

A data vem para lembrar que o profissional técnico é necessário à sociedade, além de significar a oportunidade de especialização e emprego para milhões de pessoas que procuram formação.

Clique aqui e conheça nossos cursos técnicos.

Celebrado nesta sexta-feira, 23 de setembro, o Dia do Profissional de Nível Técnico foi estabelecido em 2009, o Ano da Educação Profissional e Tecnológica. Em um país em que a escolha da profissão é geralmente ligada à ideia de ensino superior, a data vem para lembrar que o profissional técnico é necessário à sociedade, além de significar a oportunidade de especialização e emprego para milhões de pessoas que procuram formação.

 

Deseja se qualificar para o mercado de trabalho? Então inscreva-se no Processo Seletivo para Cursos Técnicos do IFPB com inscrições gratuitas para mais de 3.000 vagas distribuídas em todo o Estado.

Saiba em quais cidades existe um Campus perto de você e maiores informações sobre a seleção neste link: estudante.ifpb.edu.br/noticias/psct-ifpb-seleciona-estudantes-para-cursos-tecnicos

 

Para a professora doutora Cassandra Ribeiro Joye, assessora especial do Núcleo Estruturante da Política de Inovação (Nepi) da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) do MEC, a formação de profissionais técnicos é essencial para o desenvolvimento do país.

“A sociedade e a economia não se movem sem esses profissionais, quer seja nos níveis das habilidades mais básicas ou das mais altas”, afirma a professora. “Procura-se flexibilidade, sobretudo para que jovens e adultos produtivos mantenham-se atualizados em suas áreas. Nesse âmbito, a Setec incentiva diferentes formatos, níveis e modalidades formativas”, comentou.

Apaixonado por marcenaria, o empresário Roberto Nascimento, 31 anos, trabalhava como montador de móveis quando decidiu buscar mais formação. Conseguiu uma vaga no curso de técnico de móveis no Instituto Federal de Brasília (IFB) e se formou em dezembro de 2015. “O curso é excelente, com certeza abriu portas para mim. Hoje em dia é preciso estar antenado com o mercado, com novas tecnologias de serragem e acabamento, então certamente foi um aprendizado que só agregou valor ao meu trabalho”, avalia.

Ao concluir o curso na instituição federal, Roberto uniu forças com o irmão, José Carlos, para abrir uma empresa de móveis planejados. “Hoje eu tenho meu próprio negócio. A demanda aumentou, até mesmo em relação a projetos personalizados. Antes meu trabalho era todo manual, hoje consigo fazer os desenhos no computador, do jeito que o cliente pede”, comemora. A busca pelo aprendizado se espalhou pela família: José Carlos está tentando uma vaga no curso que o irmão fez, para aprimorar o serviço executado pela dupla.

Acompanhe através do Portal do Estudante: estudante.ifpb.edu.br o andamento das seleções estudantis no IFPB.

Assessoria de Comunicação Social - MEC

*com adaptações da Coordenação de Editais da PRE.